• alt text

Disciplinas ministradas na UFRN

Ecologia Funcional (graduação)
Esta disciplina tem como objetivo discutir conceitos básicos fundamentais necessários para a compreensão do funcionamento dos organismos em cada ambiente particular. Assim, iniciamos estudando características gerais que permitem a vida no ambiente aquático (marinho, água salobra e água doce) e terrestre (desertos, altitude, regiões polares) e, em seguida, abordamos as adaptações e ajustes dos animais para a vida nestes locais. São enfatizadas características anatômicas, fisiológicas, morfológicas e bioquímicas, que mudam incrivelmente dependendo do ambiente enfrentado pela espécie.
Estresse e bem estar animal (graduação)
Esta disciplina aborda aspectos evolucionários e ontogenéticos do sofrimento animal e do bem estar animal, bem como respostas biológicas às condições de bem estar e estresse. É estudado o funcionamento geral de todos os sistemas fisiológicos do organismo quando submetido a situações de estresse leve, moderado ou intenso. O bem estar é abordado em relação às necessidades do animal e do homem, bem como sua aplicação em diferentes áreas. Além disso, o estresse e o bem estar são discutidos com visão conceitual, histórica e ética. A disciplina tem como objetivo fundamental fornecer aos alunos as bases para: a compreensão do funcionamento do organismo quando submetidos a situações de estresse e bem estar; e a capacidade de inferir comportamental e fisiologicamente tais condições.
Zoologia de campo (graduação)
Expedições a campo utilizando métodos de levantamento faunístico de animais aquáticos e terrestres. Práticas em laboratório envolvendo a identificação e caracterização de grupos de animais recentes. Morfometria, preparação e conservação de diversos grupos faunísticos. Princípios de taxidermia científica, procedimentos legais para coleta de fauna e organização de coleções científicas
Zoologia geral (graduação)
Importância da Zoologia para a formação do Zootecnista, Sistemática Zooloógica, evolução e diversidade do Vertebrados e Invertebrados com ênfase na biologia, morfologia e ecofisiologia dos táxons.
Zoologia II (graduação)
Capacitar o aluno no entendimento das relações entre protostomados e deuterostomados, seus principais táxons, diversidade e caracterização dos grupos Arthropoda, Onycophora, Tardigrada, Echinodermata, Hemichordata, Cephalochordata, Urochordata, Agnatha, Chondrichthyes e Osteichthyes.
Comportamento animal aplicado à aquicultura (graduação)
Introduzir os conceitos básicos no estudo comportamento animal e demonstrar a abrangência da utilização desses conceitos para diversas áreas do conhecimento. Discutir as bases evolutivas do comportamento. Discutir os temas básicos sobre a expressão comportamental dos animais nas relações intra e inter específicas. Explorar o papel da área do comportamento animal nos estudos de aqüicultura em particular, com ênfase na importância do estudo do comportamento para otimizar o bem-estar de espécies animais utilizadas na aqüicultura.
Estudos avançados em comportamento animal (graduação)
Aprofundar a discussão sobre as bases teóricas do comportamento animal utilizando como referência os conceitos da Teoria da evolução, através de exemplos extraídos da pesquisa científica.
Fisiologia animal III (graduação)
Demonstrar a função dos sistemas constituintes do organismo animal e a integração entre eles, bem como o papel dos mecanismos de regulação para a manutenção do funcionamento normal do organismo e sua interação com o ambiente.
Apredizagem e comportamento (Pós-Graduação)
Nesta disciplina serão abordados as bases fisiológicas do aprendizado e do comportamento, bem como as idéias sobre comportamento inato e habituação, condicionamento clássico e operante, aversão e punição, cognição, aprendizagem por observação, aprendizagem de tarefas motoras e comportamento de escolha. Serão apresentadas as principais teorias do aprendizado e os teóricos que as desenvolveram.
Ecologia de campo (Pós-Graduação)
Nesta disciplina serão abordados os ecossistemas aquáticos e terrestres de interesse regional: componentes abióticos e bióticos; conhecimentos e práticas de campo sobre a integração dos seres vivos nos ecossistemas aquáticos e terrestres; adaptações morfo-anatômicas e fisiológicas dos organismos; manejo e conservação de ecossistemas aquáticos e terrestres.
Metodologia e Estatística em Ciências Biológicas (extensão)
O curso visa abordar duas das principais áreas para o desenvolvimento de uma pesquisa científica. Devido à crescente demanda de alunos de graduação por estágios e participações em grupos de pesquisa, a busca de conhecimentos básicos sobre a atividade científica tem se tornado rotineira dentro da universidade. O professor pesquisador que aceita orientar um discente espera, na maior parte das vezes, que o aluno chegue ao seu laboratório mais preparado e inserido na vida científica. Assim, a presente proposta vai de encontro às necessidades de embasamento teórico e prático dos estudantes das áreas biológicas. Neste sentido, são discutidos os diferentes métodos utilizados na pesquisa científica, como formular uma hipótese, o que testar e como testar, como delinear o estudo sem comprometer as etapas de análise estatística, como coletar dados, como escolher e efetuar análises descritivas e inferenciais dos dados coletados, como utilizar softwares estatísticos especializados, como concluir e discutir a pesquisa e, finalmente, como divulgar os resultados e escrever um artigo científico. Neste curso são discutidos conceitos básicos fundamentais necessários para a formação inicial de pesquisadoresem Ciências Biológicas, assim como proporciona experiências práticas no manuseio de dados nas áreas de Ecologia, Fisiologia e Comportamento animal.