Sobre a SBC

A Sociedade Brasileira de Carcinologia (SBC) foi fundada em 10 de fevereiro de 1982, durante o IX Congresso Brasileiro de Zoologia, realizado no Instituto de Biociências da Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

O primeiro estatuto da Sociedade foi aprovado numa assembléia realizada durante a reunião de Carcinologistas, em 2 de fevereiro de 1983, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Desde então, a SBC esteve sob a direção de eminentes carcinologistas brasileiros, incluindo os Dr. Godofredo C. Genofre (quem primeiro presidiu a sociedade, no ano de 1982, em São Paulo), Dr. Ludwig Buckup (Rio Grande do Sul), Dr. Jayme de Loyola e Silva (Paraná), Dr. Fernando D’Incao (Rio Grande do Sul), Dr. Sérgio L. S. Bueno (São Paulo), Dr. Fernando L. M. Mantelatto (São Paulo), Dra. Maria Lucia Negreiros Fransozo (São Paulo) e Dra. Paula Beatriz de Araujo (Porto Alegre). Atualmente, a SBC encontra-se sob a presidência do Dr. Sérgio Schwarz da Rocha (UFRB, Cruz das Almas, BA).

A Sociedade Brasileira de Carcinologia é uma entidade sem fins lucrativos, exclusivamente científico-cultural, não governamental. Esta associação é responsável pela revista científica Nauplius, cujo objetivo é publicar artigos científicos sob os mais variados aspectos da biologia dos crustáceos. Sua área de atuação envolve resultado de pesquisas realizadas no Brasil e no exterior.

O estatuto atual estabelece os seguintes objetivos para a Sociedade:

      •  Congregar as pessoas interessadas pelo desenvolvimento de pesquisa sobre crustáceos;

      •  Incentivar a investigação científica no campo de carcinologia;

      •  Promover estudos da fauna de carcinologica nacional;

      •  Representar a comunidade de carcinólogos brasileiros em âmbito nacional e internacional;

      •  Promover e realizar encontros regionais e nacionais;

      •  Incrementar a troca de informação sobre o andamento das pesquisas carcinológicas no Brasil.