Projetos em andamento

Biodiversidade

Efetividade das Unidades de Conservação para a ictiofauna e carcinofauna das bacias hidrográficas do Nordeste Médio Oriental e avaliação de possíveis efeitos deletérios da transposição do rio São Francisco para a biota aquática.

Expandir...
Efetividade das Unidades de Conservação para a ictiofauna e carcinofauna das bacias hidrográficas do Nordeste Médio Oriental e avaliação de possíveis efeitos deletérios da transposição do rio São Francisco para a biota aquática.
Fechar

Devido ao clima semi-árido e ao regime intermitente dos rios da Caatinga, a biodiversidade aquática desse bioma foi negligenciada até recentemente, quando estudos revelaram uma riqueza de peixes de aproximadamente 185 espécies, cuja maioria (57,3%) foi considerada endêmica. Contudo, a diversidade biológica e o estado de conservação dos animais aquáticos da Caatinga ainda não é bem conhecida. Existem diversas bacias do Nordeste Médio Oriental, que compreende as bacias costeiras entre os rios Parnaíba e à bacia do rio São Francisco, assim como diversos tributários do próprio rio São Francisco que estão sub-amostrados, não permitindo a elaboração de uma lista de espécies, nem mesmo indicar as espécies endêmicas, invasoras ou sugerir áreas importantes para a conservação, o que compromete a avaliação da efetividade da Unidades de Conservação da Caatinga. Embora de inquestionável relevância sócio-econômica, a transposição das águas do rio São Francisco pode provocar muitos impactos ambientais prejudiciais para a biota aquática da região hidrográfica do Nordeste Médio Oriental. Entre estes podemos citar o aporte de diversas espécies de organismos aquáticos para as bacias receptoras, mudanças na composição das comunidades, hibridização de espécies e perda de adaptações locais, e a extinção local ou total de espécies endêmicas e ameaçada.

Fomento: CNPQ

Ecologia

Dinâmica populacional de Xiphopenaeus kroyeri no litoral sul do Estado do Rio Grande do Norte

Expandir...
Dinâmica populacional de Xiphopenaeus kroyeri (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Penaeidae) no litoral sul do Estado do Rio Grande do Norte
Fechar

O Brasil possui amplo território que abriga uma grande variedade de ecossistemas de grande complexidade ecológica e é reconhecido pelo Fundo Mundial para a Natureza como um país com megadiversidade. Existe uma grande necessidade de efetuar o direcionamento de esforços para o estudo das populações que os compõem os ecossistemas marinhos, principalmente os animais de interesse econômico. No Nordeste brasileiro, informações sobre o conhecimento ecológico e pesqueiro da carcinofauna em substratos não consolidados são escassas. Sendo que na região do RN quase não há informações disponíveis. Inventários sobre as espécies exploráveis e seus dados ecológicos servem como alicerce e subsidiam informações necessárias para criar um programa pesqueiro de uso sustentável. Futuras avaliações e regulamentações podem ser elaboradas através deste estudo e de outros, posteriormente desenvolvidos. O presente trabalho tem como objetivo, estuda a dinâmica populacional (distribuição espaço-temporal da estrutura populacional, biologia reprodutiva, recrutamento e crescimento populacional individual) do camarão “sete-barbas” (Xiphopenaeus kroyeri, Heller 1862) na região de Baía Formosa, litoral sul do Estado do Rio Grande do Norte. A carência de informações sobre a biologia do camarão sete-barbas, juntamente com a ausência de uma regulamentação pesqueira direcionada à região do Rio Grande do Norte, só ratifica a necessidade de desenvolvimento do projeto em questão.

Fisiologia

Efeitos do sono sobre a aprendizagem e memória do peixe paulistinha Danio rerio.

Expandir...
Efeitos do sono sobre a aprendizagem e memória do peixe paulistinha Danio rerio.
Fechar

Estudos comparativos sobre a plasticidade neural em vertebrados não-mamíferos são um importante modelo para estudos das bases evolutivas do desenvolvimento encefálico e de alterações cognitivas em humanos. Em peixes teleósteos, a neurogênese persiste na vida adulta, e pode ser modulada por diversos fatores. Dentre eles, o sono é um comportamento bastante estudado como facilitador da aprendizagem e da consolidação de memórias, porém, que fases do sono e como a presença ou ausência de sono interfere nas habilidades cognitivas dos animais ainda é pouco compreendido. Desta forma, o objetivo deste estudo será investigar os efeitos do sono e da privação deste comportamento sobre proliferação celular telencefálica, através de imunohistoquímica, e observar os efeitos deste comportamento sobre a aprendizagem e retenção de memória ao longo do tempo no peixe paulistinha. A aprendizagem será estudada através de testes de condicionamento clássico (pavloviano). Alterações neurais serão estudadas através da caracterização de proteínas em áreas encefálicas (CaMKII, zif268 e BNDF). Este estudo pretende elucidar possíveis alterações cognitivas provocadas pelo comportamento de sono e sua contribuição para a melhoria do bem estar, com vistas para a extrapolação dos resultados para aplicação em reabilitação humana. Além disso, o estudo poderá contribuir para a compreensão das relações filogenéticas do desenvolvimento encefálico de vertebrados.

Comportamento & Fisiologia

Alterações comportamentais e neurofisiológicas do peixe paulistinha.

Expandir...
Alterações comportamentais e neurofisiológicas do peixe paulistinha (Danio rerio).
Fechar

Estudos comparativos sobre a plasticidade neural em vertebrados não-mamíferos são um importante modelo para estudos das bases evolutivas do desenvolvimento encefálico e de doenças degenerativasem humanos. Em peixes teleósteos, a neurogênese persiste na vida adulta, e pode ser modulada por fatores ambientais. Quais fatores e de que forma a neurogênese interfere nas habilidades cognitivas desses animais ainda é pouco compreendido. Desta forma, o objetivo deste estudo será investigar aspectos ambientais que favorecem ou prejudicam a capacidade cognitiva destes animais. Esta área de estudo pretende elucidar possíveis alterações cognitivas provocadas por alteração ambientais e sua contribuição para a melhoria do bem estar, com vistas para a extrapolação dos resultados para aplicação em reabilitação humana. Além disso, o estudo poderá contribuir para a compreensão das relações filogenéticas do desenvolvimento encefálico de vertebrados.

Fisiologia

Visão de cores em peixes.

Expandir...
Visão de cores em peixes e crustáceos.
Fechar

A visão de cores é uma importante característica para animais que habitam regiões iluminadas na natureza, pois podem discriminar detalhes do ambiente que lhes confere vantagens na alimentação, migração ou reprodução. De fato, tanto o ambiente fótico quanto diversos comportamentos dependentes da visão são forças seletivas modulando a capacidade visual dos animais. Os testes de preferência têm sido usados para indicar o ambiente que um animal escolhe numa situação específica. A discriminação ambiental torna-se útil para indicar a percepção do animal e o estímulo específico que torna um ambiente mais atraente do que outros quando oferecidas opções para a escolha do animal. Esses testes também foram utilizados em diversos estudos para indicar condições de bem estar para o animal. Portanto, testaremos a preferência por cores dos animais, e posteriormente, procuraremos relacionar as cores testadas com possíveis indicadores de bem estar animal, como ingestão de alimento, crescimento, aprendizado ou outro indicador de desempenho. A coloração ambiental é um fator que se altera no ambiente natural, dependendo da luminosidade que penetra a água, vento, presença de partículas orgânicas dissolvidas, entre outros, e pode influenciar a fisiologia e o comportamento de peixes.

Comportamento & Fisiologia

Efeitos psicotrópicos do álcool no comportamento e fisiologia de peixes.

Expandir...
Efeitos psicotrópicos do álcool no comportamento e fisiologia de peixes.
Fechar

Dentre as áreas de investigação que abordam o consumo de álcool, muitas se preocupam em determinar os mecanismos de ação deste produto no encéfalo. Uma das principais funções superiores do sistema nervoso é a capacidade de aprender e lembrar, e apesar de anos de pesquisa, ainda é pouco o conhecimento sobre os mecanismos pelos quais o álcool afeta as funções neurológicas e quais seriam as causas exatas das deficiências cognitivas e de memória relacionadas ao seu uso em longo prazo. Os reflexos condicionados são mudanças comportamentais que podem ser aprendidas a partir de experiências repetidas. Essa aprendizagem pode sofrer alterações de acordo com mudanças fisiológicas e neurais, por exemplo, após o uso de substâncias psicoativas. Devido à complexidade do sistema nervoso dos mamíferos e de suas respostas comportamentais variadas, outros modelos animais mais simples têm sido propostos, entre eles, o peixe paulistinha, Danio rerio. Desta forma, esta linha de pesquisa pretende investigar os efeitos crônicos e agudos de doses variadas de álcool (baixas e altas) sobre a sua capacidade de desempenho em diferentes tarefas cognitivas, bem como analisar os efeitos da exposição ao álcool e das tarefas no encéfalo dos animais.

Subprojetos relacionados:

  • Efeitos do alcool sobre a resposta de aprendizagem espacial em peixes
  • Efeitos do alcool sobre a resposta condicionada no peixe paulistinha
  • Efeitos do alcool como agente estressor sobre a simetria no peixe paulistinha
  • Efeitos do alcool sobre a preferência do peixe paulistinha, em shuttle box
  • Efeitos do alcool na resposta de alarme do peixe paulistinha

Fisiologia

Aprendizagem e plasticidade neuronal em lagartos Tropidurus hispidus (Squamata, Tropiduridae)

Expandir...
Aprendizagem e plasticidade neuronal em lagartos Tropidurus hispidus (Squamata, Tropiduridae)
Fechar

Estudos comparativos sobre a plasticidade neural em vertebrados não-mamíferos são um importante modelo para estudos das bases evolutivas do desenvolvimento encefálico e de doenças degenerativas em humanos. Em répteis, a neurogênese persiste na vida adulta, e pode ser modulada por fatores ambientais. Quais fatores e de que forma a neurogênese interfere nas habilidades cognitivas desses animais ainda é pouco compreendido. Desta forma, o objetivo deste estudo será investigar a capacidade de aprendizagem associativa no lagarto Topidurus hispidus e a ocorrência de proliferação celular telencefálica, através de imunohistoquímica. A aprendizagem será estudada através de testes de condicionamento clássico (pavloviano). Este estudo pretende elucidar possíveis alterações cognitivas provocadas pela repetição da oferta de estímulos e estabelecer relações entre áreas encefálicas dos repteis que possam estar envolvidas na aprendizagem e consolidação de memórias. Além disso, o estudo poderá contribuir para a compreensão das relações filogenéticas do desenvolvimento encefálico de vertebrados.

Comportamento & Fisiologia

Influência do álcool na escolha do parceiro sexual por fêmeas do peixe Betta splendens

Expandir...
Influência do álcool na escolha do parceiro sexual por fêmeas do peixe Betta splendens
Fechar

Apesar de anos de pesquisa, ainda é pouco o conhecimento sobre os mecanismos pelos quais o álcool afeta as funções neurológicas e quais seriam as causas exatas das deficiências cognitivas relacionadas ao seu uso em longo prazo. Uma das principais funções superiores do sistema nervoso é a capacidade de aprender e lembrar. Congregando informações do ambiente, um animal é capaz de escolher determinadas característica de um ambiente ou organismo e mostrar preferência por tal quando há possibilidade de escolha. Para fazer a escolha, presumimos que o animal é capaz de discriminar entre condições boas e ruins, e a condição escolhida será aquela que melhor se ajusta ao berm estar do animal. Essa escolha pode sofrer alterações de acordo com mudanças fisiológicas e neurais, por exemplo, após o uso de substâncias psicoativas, o que pode consistir também um sintoma de adição à substância. Devido à complexidade do sistema nervoso dos mamíferos e de suas respostas comportamentais variadas, outros modelos animais mais simples têm sido propostos, entre eles o peixe. Neste estudo, utilizaremos o peixe Betta splendens, com o objetivo de investigar os efeitos agudos de doses variadas de álcool (baixas e altas) sobre a preferência sexual de fêmeas adultas, hipotetizando que a escolha seja por machos escuros devido à alta incidência de deficiências em machos com pouca pigmentação. Esperamos que as mudança na preferência sejam proporcionais à dose de álcool experimentada entre os tratamentos, demonstrando que os efeitos do álcool no sistema nervoso são dependentes de fatores como concentração da dose e tempo de exposição.

Comportamento & Fisiologia

Influência do álcool no comportamento agonístico do peixe Betta splendens

Expandir...
Influência do álcool no comportamento agonístico do peixe Betta splendens
Fechar

Dentre as áreas de investigação que abordam o consumo de álcool, muitas se preocupam em determinar os mecanismos de ação deste produto no cérebro. Apesar de anos de pesquisa, ainda é pouco o conhecimento sobre os mecanismos pelos quais o álcool afeta as funções neurológicas e quais seriam as causas exatas das deficiências cognitivas relacionadas ao seu uso em longo prazo. Uma das principais funções superiores do sistema nervoso é a capacidade de aprender e lembrar. No que diz respeito ao comportamento agressivo, os peixes Betta splendens são um grupo bastante estudado, e usam o reconhecimento interindividual em seus encontros agonísticos. Estes peixes apresentam agressividade como uma recompensa social, que reforça diversos comportamentos aprendidos. Tais demonstrações podem sofrer alterações de acordo com mudanças fisiológicas e neurais, por exemplo, após o uso de substâncias psicoativas. Devido à complexidade do sistema nervoso dos mamíferos e de suas respostas comportamentais variadas, os peixes têm sido modelos bastante aceitos na ciência. Neste estudo, utilizaremos o peixe Betta splendens, com o objetivo de investigar os efeitos agudos e crônicos de doses variadas de álcool (baixas e altas) sobre o comportamento agressivo de machos, hipotetizando que doses baixas de álcool aumentem a resposta agonística em qualquer situação de confronto, enquanto doses elevadas causem a depressão desta resposta. Esperamos que a emissão de sinais agonísticos seja proporcional à dose de álcool experimentada entre os tratamentos, demonstrando que os efeitos do álcool no sistema nervoso são dependentes de fatores como concentração da dose e tempo de exposição.

Ecologia & Morfologia

Têndencias ecológicas e morfológicas de três espécies de Siris da Família Portunidae Rafinesque, 1815 da Enseada de Ubatuba, São Paulo, Brasil

Expandir...
Têndencias ecológicas e morfológicas de três espécies de Siris da Família Portunidae Rafinesque, 1815 (Crustacea, Brachyura) da Enseada de Ubatuba, São Paulo, Brasil.
Fechar

De todos os crustáceos existentes, os “caranguejos verdadeiros” da Infraordem Brachyura são os mais conhecidos e intensamente estudados. Reconhecidos principalmente devido a muitos de seus representantes constituírem recurso pesqueiro substancial na economia mundial. A família Portunidea é uma das famílias mais numerosas entre os Brachyura, e têm uma grande importância na cadeia trófica, pois servem de alimento para peixes, aves marinhas, e outros crustáceos, além de predar outros animais, ou mesmo se alimentar de animais já mortos e algas. A literatura revela uma intensa avaliação dos parâmetros de história de vida dos portunídeos, contribuindo significativamente para o desenvolvimento de estratégias de manejo e conservação, e para algumas especies, a criação de legislações de ordenamento e pesca. Enquanto isso, observa-se uma lacuna de trabalhos científicos em determinados temas, como a determinação do nicho ecológico potencial. Além, da utilização de outros métodos e análises mais robustos que caracterizem com maior fidelidade os processos ecológicos e biológicos atuantes nas populações de Siris Portunídeos. Este Projeto propõe uma ampla avaliação para três espécies de Portunídeos da costa sul atlântica (Arenaeus cribarius, Callinectes danae e C. ornatus). E está estruturado em três partes, abordando respectivamente: (1) análises de história de vida e distribuição espaço-temporal, (2) nicho ecológico potencial e (3) ecomorfologia.

Fomento: SBC